Como superar a depressão e ter mais qualidade de vida

Tempo de leitura: 6 minutos

Aprender como superar a depressão é um grande desafio para milhões de pessoas espalhadas pelo mundo que sofrem com essa doença silenciosa, mas que pode trazer problemas extremamente graves se não houver tratamento.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), existem mais de 300 milhões de pessoas em todo o mundo, de todas as faixas etárias e gêneros, que sofrem com a doença.

No Brasil, estima-se que cerca de 5% da população conviva com um quadro depressivo.

E muitas vezes essas pessoas não fazem nenhuma ideia de como superar a depressão.

Nesse artigo você vai aprender não somente como superar esta doença, mas também o que ela é, quais são os seus sintomas, suas causas e outras informações importantes que poderão ajudá-lo a identificar o problema e procurar ajuda, se necessário.

como superar a depressão

O que é a depressão?

A depressão é um distúrbio de origem psiquiátrica que afeta diretamente e, com um impacto muito grande, o lado emocional.

É considerada um dos maiores transtornos mentais que pode atingir o ser humano.

A pessoa com depressão começa a apresentar alguns sinais que, no início, acabam passando despercebidos, tratados como algo momentâneo, como tristeza e apatia.

O problema acontece quando esses sinais, que deveriam desaparecer em pouco tempo, se tornam recorrentes, e logo se transformam em algo permanente.

Quais são as causas da depressão?

Muitos fatores podem acabar contribuindo para o surgimento da depressão.

Alguns dos principais fatores causadores da depressão podem ser:

  • Morte: a dor da perda de uma pessoa amada muitas vezes pode acabar contribuindo para o desenvolvimento de um quadro depressivo.
  • Abuso: situações de abuso físico, emocional ou sexual podem deixar a pessoa muito mais vulnerável, facilitando o surgimento da depressão.
  • Doenças graves: é comum que pacientes com doenças graves, como algum tipo de câncer, acabem por ter de lidar também com a depressão, tanto em estágios avançados quanto em diagnósticos recentes.
  • Momentos de dificuldade: aposentadoria, desemprego e problemas conjugais são fatores que podem muitas vezes acelerar um processo que já estava em andamento.
  • Herança genética: o histórico familiar de depressão pode ser um ponto de atenção para que a pessoa fique atenta aos seus sentimentos e, caso perceba que algo está errado, procure ajuda profissional.
  • Disputas familiares: uma pessoa que já tenha um histórico de depressão na família pode acabar desenvolvendo a doença durante processos estressantes que resultem em conflito com membros da família.

Como você pode notar, muitos fatores podem fazer com que uma pessoa desenvolva a doença, tendo que procurar ajuda profissional para descobrir como superar a depressão.

Quais são os principais sintomas da depressão?

Além da tristeza profunda característica de um quadro depressivo, outros sintomas podem ser identificados, fazendo com que o tratamento possa ter início antes do agravamento do quadro.

Os sintomas mais comuns da depressão são:

  • Dificuldade de concentração;
  • Apatia;
  • Desânimo acentuado;
  • Baixa autoestima;
  • Sentimento de culpa constante;
  • Indecisão;
  • Insônia;
  • Diminuição da libido e do desempenho sexual;
  • Pensamentos suicidas;
  • Sensação de abandono e solidão.

Além desses sintomas, a depressão pode apresentar também sintomas físicos, tais como:

  • Dores de cabeça;
  • Tensão constante nos ombros e na nuca;
  • Fadiga;
  • Perda de apetite;
  • Baixa imunidade;
  • Problemas digestivos.

Como superar a depressão?

como superar a depressão

Apesar de ser considerada o “mal do século”, é totalmente possível descobrir e tratar a depressão.

Veja a seguir dicas importantes, que você pode colocar em prática facilmente para começar a superar a depressão.

Faça uma atividade física

A prática de atividades físicas pode ser uma excelente forma de ajudar a superar a depressão.

Além de combater a falta de interesse por atividades em geral e a perda de energia, praticar uma atividade física, como um esporte coletivo, pode ajudar a diminuir a sensação de solidão e isolamento.

Esse tipo de atividade também pode contribuir para que você recupere a confiança e sua autoestima.

E caso você não se veja com motivação para estar com um grupo de pessoas, as caminhadas diárias podem ser uma ótima forma de começar a resolver o quadro depressivo.

Durma bem

As aflições frequentes que afligem quem sofre com a depressão exigem muito do organismo, e por isso é fundamental manter o corpo e a mente descansados.

Por mais que nessas condições seja um grande desafio ter uma boa noite de sono, tomar alguns cuidados pode facilitar a chegada do sono.

Não consumir bebidas alcoólicas, cafeína ou bebidas estimulantes, e desligar aparelhos como tablets e smartphones cerca de uma hora antes de dormir pode ajudar a melhorar a qualidade do seu sono.

Pratique meditação

A meditação é uma prática já bastante reconhecida por contribuir para a diminuição da ansiedade e maior foco, o que impacta diretamente na prevenção e tratamento da depressão.

Existem dezenas de exercícios respiratórios que podem ajudar a manter a concentração, eliminando pensamentos ruins que são muito frequentes nesses casos.

Busque ajuda profissional

A depressão é uma doença psíquica extremamente séria em que o papel de profissional psicoterapeuta, por exemplo, pode ser decisivo tanto para o diagnóstico quanto para o tratamento da doença em si.

É esse profissional que será capaz de, através de perguntas e várias outras técnicas, te ajudar a compreender a doença, identificar suas causas e descobrir como superar a depressão.

É possível prevenir a depressão?

Apesar de muitas vezes o quadro depressivo se desenvolver de maneira bastante silenciosa, ao notar alterações frequentes de humor, assim como alguns dos sintomas mencionados anteriormente, é possível tomar algumas medidas para evitar a depressão.

Entre essas medidas estão:

  • Atividades de lazer;
  • Desenvolvimento da religiosidade;
  • Utilização de técnicas de relaxamento;
  • Prática de atividades físicas diariamente;
  • Atividades ligadas às artes;
  • Adotar hábitos alimentares saudáveis.

Adotando essas medidas, as chances de desenvolvimento da doença diminuem.

Conclusão

Durante muito tempo a depressão não recebeu a devida importância tanto de quem sofria com ela quanto de profissionais da saúde em geral.

Porém, com o crescimento no número de casos, muitos incluindo suicídios, a doença vem sendo cada vez mais colocada em evidência.

Mas com os cuidados listados neste artigo, é aprender a como superar a depressão e voltar a viver com qualidade de vida.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *